Hezbollah entra na guerra no Iêmem

Unidades do Hezbollah movimentam-se em território saudita
Hezbollah estará empurrando a guerra saudita de volta ao poleiro de onde nunca deveria ter saído? 3/4/2015, Gordon Duff, Veterans Today
http://www.veteranstoday.com/2015/04/03/hezbollah-units-move-into-saudi/

Esse vídeo mostra uma unidade do Hezbollah saindo do Iraque e entrando na Arábia Saudita. Vê-se no filme uma instalação militar saudita.

O que se ouve é o seguinte:

Unidades do Hezbollah há muito tempo infiltradas na Arábia Saudita estão já mais do que preparadas para empurrar de volta para a Arábia Saudita a guerra dos sauditas contra o Iêmen. O movimento dos sauditas no sul contra o Iêmen deixa claro que, apesar dos protestos, a Arábia Saudita está mais do que acertadíssima com o ISIS.

O vídeo abaixo foi preparado para o reino da Arábia Saudita depois do 11/9. Discutem-se questões de vulnerabilidades chaves que têm impacto no planejamento estratégico dos sauditas, e razões pelas quais podem talvez aliar-se ao ISIS, à frente Al-Nusra e à Fraternidade Muçulmana.

Por esse segundo vídeo, que encontrei numa fita VHS dentro de uma caixa deixada embaixo da escada do meu porão, nossos amigos na Arábia Saudita dependiam, para sua segurança, de uma presença dos EUA no Iraque. Quando os norte-americanos saíram, quem passou a dar segurança à Arábia Saudita foi – ou parece ter sido – o ISIS.

Agora que a Arábia Saudita planeja fazer-se de polícia no Iêmen, embora só de bem longe, do céu, veremos o quanto lhes interessa sujar as mãos no chão, em solo.

Talvez seja preciso refrescar a memória dos leitores: o ‘governo do Iêmen’ que renunciou e fugiu e voou para a Arábia Saudita foi ‘legitimado’ por uma ‘revolução colorida’ em 2012, com 98% dos votos em eleição em que havia candidato único, eleito por “65% dos votos” metidos nas urnas por 5% da população (eleitores cadastrados).

O que quero dizer é o mesmo que venho dizendo há muito tempo sobre a Ucrânia: não se trata de novo golpe contra novo governo iemenita, que não há nem nunca houve. Trata-se dos restos esfarrapados do mesmo golpe anterior que fracassou, que simplesmente não deu certo.  O que a mídia-empresa ‘noticia’ são só mentiras e mais mentiras. E assim vamos…

Sobre Osvaldo Bertolino

Jornalista, natural de Maringá — Noroeste do Paraná.
Esse post foi publicado em Variedades e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s