Cuba: solidariedade à Venezuela no Cúpula dos Povos

Cuba expressará solidariedade à Venezuela em Cimeira dos Povos

(Prensa Latina) Cuba expressará sua solidariedade com a Venezuela na Cimeira dos Povos, Sindical e dos Movimentos Sociais de Nossa América, ante as mais recentes ações agressivas estadunidenses contra esse país, precisou hoje um delegado a esse evento.

Nesse cenário, Cuba manifestará seu respaldo à Venezuela ante a decisão dos Estados Unidos de considerar a nação sul-americana como uma ameaça para sua segurança nacional, afirmou o coordenador geral do Centro Memorial Martin Luther King, Joel Suárez.

Em declarações à Prensa Latina, manifestou que nesta reunião que se realizará de 9 a 11 de abril no Panamá como parte dos eventos paralelos à VII Reunião de Cúpula das Américas, uma postura fundamental por parte da ilha será a solidariedade com a Venezuela.

Vamos nos somar ali presencialmente à campanha que pede ao presidente estadunidense, Barack Obama, que revogue essa ordem executiva lesiva à soberania venezuelana, disse.

A esse respeito, Suárez considerou que tal ação de Washington obedece a interesses estratégicos de sua geopolítica, a qual aspira controlar o petróleo venezuelano, tenta frear o significado moral da Revolução Bolivariana para a região e busca deter o trabalho da Venezuela na construção de um mundo multipolar.

Por outro lado, explicou que nos diversos foros paralelos a sociedade civil cubana também denunciará o bloqueio econômico estadunidense imposto por mais de meio século à ilha e que se mantém, apesar do contexto marcado pelo anúncio feito em 17 de dezembro por ambos países de avançar para a normalização de seus nexos.

Além disso, recordou que sua participação no Panamá se focará ao eixo temático referente à governabilidade democrática.

Vamos debater ali que existem duas Américas e que há uma América (Latina) que concebe a governabilidade e a democracia como bem comum, como expressão crescente da felicidade, das aspirações e necessidades dos povos, afirmou ao contrapor este conceito com a visão implantada sobre o tema pelos Estados Unidos.

Sobre Osvaldo Bertolino

Jornalista, natural de Maringá — Noroeste do Paraná.
Esse post foi publicado em Variedades e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s