Vice-primeiro-ministro russo fecha acordos na Venezuela

A visita do vice-primeiro-ministro russo, Igor Sechin, nesta terça-feira à Venezuela resultou na assinatura de vários acordos entre os dois países, em sua maioria no campo econômico.

Os acordos foram firmados no palácio de Miraflores, sede do Governo venezuelano, após uma reunião dos representantes de ambos os países liderada pelo presidente da Venezuela, Hugo Chávez.

Transmitido pela televisão estatal, o ato estabeleceu compromissos em áreas diversas como “finanças, economia, comércio, energia, incluindo a atômica, indústria, agricultura, telecomunicações, alimentação, educação, transporte, política externa e cooperação técnico-militar”.

A ata de compromissos foi assinada por Sechin e pelo vice-presidente venezuelano, Ramón Carrizales.

A visita serviu também para preparar a sexta Comissão Intergovernamental de Alto Nível Rússia-Venezuela, que será realizada em duas semanas, segundo Chávez, na cidade russa de São Petersburgo.

O presidente venezuelano confirmou que visitará novamente a Rússia no mês de setembro.

Chávez também destacou que a Venezuela concorda com Moscou em uma visão “multipolar” do mundo e disse esperar que a Rússia continue sendo uma “potência” que torne possível essa diversificação do poder mundial.

O chefe de Estado venezuelano aproveitou a ocasião para denunciar, mais uma vez, a vocação imperialista dos Estados Unidos e disse que o “golpe de Estado” em Honduras é uma prova disso.

Segundo Chávez, o novo estatuto de cooperação técnico-militar é dirigido ao reforço da capacidade defensiva venezuelana.

“Nós não temos planos de agredir ninguém, mas temos direito de nos defender”, disse Chávez.

Na semana passada, o presidente da Venezuela explicou que esse interesse está ligado à possível presença de novos contingentes militares dos EUA na Colômbia.

Chávez também anunciou a futura criação de um banco vinculado a Petróleos de Venezuela S.A. (PDVSA) que terá como modelo o da petrolífera russa Gazprom e com o qual se estabelecerão laços de cooperação.

Sobre Osvaldo Bertolino

Jornalista, natural de Maringá — Noroeste do Paraná.
Esse post foi publicado em Venezuela e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s