Maduro diz que Colômbia quer desestabilizar América do Sul

O ministro das Relações Exteriores venezuelano, Nicolás Maduro, disse que a Colômbia tem a intenção de “aumentar o tom” e propiciar uma campanha de desestabilização na região.

Ele fazia referência a armas apreendidas com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) que, segundo confirmou o governo da Suécia, foram vendidas à Venezuela no final dos anos 80.

“Não tentem aumentar o tom e propiciar uma campanha para desestabilizar nossa região”, afirmou Maduro em entrevista na sede do Ministério de Exteriores da Venezuela, durante um encontro com o chanceler espanhol, Miguel Ángel Moratinos.

O chanceler venezuelano reiterou que o assunto faz parte de “todas essas mentiras que foram sendo construídas ao longo destes dez anos de revolução bolivariana” e que “foram desmontadas uma a uma com a verdade na mão”.

Maduro disse que “quando for o momento oportuno”, o governo do presidente venezuelano, Hugo Chávez, “dará uma resposta específica a esta nova mentira” e reiterou a “transparência e honorabilidade do governo”.

Com agências

 

Sobre Osvaldo Bertolino

Jornalista, natural de Maringá — Noroeste do Paraná.
Esse post foi publicado em Venezuela e marcado , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Maduro diz que Colômbia quer desestabilizar América do Sul

  1. LAEL LEMOS INACIO disse:

    Deixa pra la

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s