Novo código de ética do PT considera “infração ética grave” vazamentos à mídia

De acordo com o novo código de ética do PT, o vazamento, sem identificação da fonte, de fatos relativos a investigações contra seus partidários é considerado “infração ética grave”.

“Será considerada infração ética de natureza grave (…) o vazamento de qualquer informação de natureza patrimonial e pessoal obtida pelos órgãos partidários nos termos deste artigo, ressalvada a hipótese desta ser tida como elemento indispensável para a formação da convicção decisória tomada em processo disciplinar frente ao qual não caiba mais qualquer recurso a outra instância partidária competente para reexaminar a matéria”, diz o documento.

Inspirado no episódio da farsa do “mensalão” criada pela mídia.

Entre outros pontos, o texto com 73 artigos, obriga o partido a divulgar periodicamente na internet a lista de empresas que fazem doações ao PT, mas não especifica o intervalo. O código também proíbe arrecadação para outros partidos, como acontecia no mensalão, além de vetar a arrecadação dos filiados beneficiados sem a devida contabilização.

A informação é do portal Comunique-se

 

Sobre Osvaldo Bertolino

Jornalista, natural de Maringá — Noroeste do Paraná.
Esse post foi publicado em mídia, Política e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s