Comunicado das FARC-EP sobre golpe em Hoduras

aaaaaaaaaafarc

1. Desde as montanhas rebeldes da Colômbia nos sumamos ao concerto de vozes que rechaçam o golpe militar contra o governo do presidente Zelaya em Honduras. A ressurreição dos golpes de quartel em esta nova era, nos está indicando a todos que a Doutrina de Segurança Nacional continua vigente como política imperial para América Latina.

2. A Casa Branca não vacilará em recorrer aos gorilas se com isso pode frear o avanço das forças progressistas no Continente e segurar seu predomínio. A insípida condena do governo de Washington ao golpe, não o salvará da suspeita; é só retórica displicente. Sua verdadeira preocupação é geopolítica e aponta suas miras contra a ALBA, (Aliança Bolivariana para as Américas), que questiona o espolio e seus espaços coloniais no Hemisfério. Hoje a prioridade do Departamento de Estado é a reorganização de seus peões ultra direitistas para opor-los ao sentimento e às tendências patrióticas que a 200 anos do grito de independência, insurgem novamente em Nossa América.

3. As Forças Armadas Revolucionárias de Colômbia, FARC, ao tempo que expressam sua solidariedade combatente com a justa luta do povo de Morazán, que finalmente derrubará a tirania, chama os povos e governos progressistas da América de Bolívar a cerrar filas em torno da bandeira que convoca à luta pela independência, a liberdade, a soberania e a conformação da Pátria Grande, contra as ambições neocoloniais do mais poderoso império da terra. “Unidos seremos fortes e mereceremos respeito; divididos e isolados, pereceremos”, é a advertência do padre Libertador.

4. Repudiamos a dupla moral do regime mafioso de Bogotá presidido por Uribe, que publicamente condena o golpe, mas em privado recebe no Palácio de Nariño os golpistas, reconhece o governo de fato e junto com ele proclama sua irmandade no ódio visceral contra a Revolução Bolivariana de Venezuela e o a liderança hemisférica do Presidente Chávez.

Secretariado do Estado Maior Central das FARC-EP

Montanhas de Colômbia, julho 23 de 2009

Fonte: Agência Anncol

 

Sobre Osvaldo Bertolino

Jornalista, natural de Maringá — Noroeste do Paraná.
Esse post foi publicado em América Latina e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s