Fidel diz que mediação de Arias em Honduras é manobra dos EUA

O ex-presidente cubano Fidel Castro disse que a mediação do presidente da Costa Rica, Oscar Arias, no conflito político em Honduras é uma medida dos Estados Unidos para “ganhar tempo” a favor do governo golpista.

Em um artigo publicado nesta quarta-feira na imprensa cubana, Fidel disse que Arias é “um político neoliberal, talentoso e possui facilidade com as palavras, extremamente calculista e aliado fiel dos Estados Unidos”.

“Após duas semanas de crescente luta popular, os Estados Unidos fizeram manobras para ganhar tempo. O Departamento de Estado atribuiu a Oscar Arias … a tarefa de auxiliar o golpe militar em Honduras, assediado pela vigorosa, mas pacífica pressão popular”, afirmou.

O líder revolucionário cubano disse na semana passada que as negociações eram uma tática postergatória para desgastar os que se opõe à deposição do presidente Manuel Zelaya, ocorrida no dia 28 de junho.

Com agências

 

Sobre Osvaldo Bertolino

Jornalista, natural de Maringá — Noroeste do Paraná.
Esse post foi publicado em América Latina, Cuba, Estados Unidos e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s