Aposentados: benefício pode ter cálculo maior

Na negociação do reajuste das aposentadorias no Congresso, o governo quer incluir também a substituição do fator previdenciário pelo fator 85/95, cuja soma do tempo de contribuição e da idade deve dar 85 (para mulheres) ou 95 (para homens) para o segurado obter o benefício integral.

Em vez de usar a média das 80% melhores contribuições feitas pelo segurado desde julho, seria utilizada a média das 70% melhores contribuições.

O ganho para o segurado com a nova regra chega a 22,44%, segundo a proposta do deputado federal Pepe Vargas (PT-RS), relator do projeto que acaba com o fator previdenciário na Câmara dos Deputados e inclui o fator 85/95.

A informação é do jornal Agora

 

Sobre Osvaldo Bertolino

Jornalista, natural de Maringá — Noroeste do Paraná.
Esse post foi publicado em economia, sindicalismo, trabalhadores e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s