FMI deve votar em agosto plano de US$ 250 bilhões

O Fundo Monetário Internacional (FMI) deve votar em agosto uma proposta para aumentar as reservas de seus 186 países membros em cerca de US$ 250 bilhões, por meio de um instrumento que não é utilizado há 30 anos.

O FMI informou que a alocação de Direito Especial de Saque (SDR, na sigla em inglês) vai aumentar as reservas de países emergentes e em desenvolvimento em US$ 100 bilhões. Cerca de US$ 18 bilhões desse montante irão para países pobres. Em abril, esse plano foi definido pelo G-20 como uma maneira de injetar liquidez no sistema financeiro global numa época em que as reservas internacionais dos países estavam sendo drenadas na luta contra a crise global.

A proposta será votada pelos países membros do FMI em agosto, de acordo com fontes do quadro de dirigentes do Fundo. O direcionamento desses recursos requer aprovação de 85%. “A alocação de SDR é uma parte importante da resposta do Fundo à crise global, oferecendo suporte significativo para seus membros nesta época difícil”, disse o diretor-gerente do FMI, Dominique Strauss-Kahn, em comunicado.

O FMI ponderou ainda que a injeção desses recursos não deve ter impacto inflacionário.

“Não achamos que há muito com que se preocupar… A proporção dos recursos direcionados é razoavelmente pequena em comparação, digamos, ao Produto Interno Bruto (PIB) global”, disse Isabelle Mateos y Lago, consultora do departamento de política e análise do FMI.

Com agências

 

Sobre Osvaldo Bertolino

Jornalista, natural de Maringá — Noroeste do Paraná.
Esse post foi publicado em Crise financeira, economia e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s