Rafael Correa desmonta vídeo da direita colombiana

O Presidente do Equador, Rafael Correa, disse que a farsa sobre ajuda financeira das Farc durante a sua campanha presidencial de 2006 não passa de uma conspiração da direita para destabilizar os governos progressistas sul-americanos.

Numa mensagem difundida por uma rádio equatoriana, Corra afirmou que o vídeo divulgado para tentar incrimina-lo não passa de uma “conspiração e de um ataque da direita para desestabilizar os governos progressistas da região”.

“Como não nos conseguem vencer nas urnas, tentam fazê-lo com mentiras e calunias”, frisou Rafael Correa, referindo-se ao vídeo como uma “pobre montagem”.

O vídeo, cuja existência já foi confirmada pelas autoridades colombianas, foi amplamente divulgado no qual são visíveis vários saltos de edição.

“Temos muita experiência sobre uma campanha de montagens por parte da Colômbia, para tentar vincular o governo equatoriano com as Farc”, salientou, por sua vez, o ministro da Segurança do Equador, Miguel Carvajal.

Com agências

 

Sobre Osvaldo Bertolino

Jornalista, natural de Maringá — Noroeste do Paraná.
Esse post foi publicado em América Latina, Equador e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s