Igreja Católica: o despertar da fé no fascismo

aaaaaaaaaaaaaaaaaaafe

O avanço da democracia progressista na América Latina vem despertando um tipo de reação que sempre foi muito forte na região — a da ala direitista da Igreja Católica.

Na Venezuela, na Bolívia, na Nicarágua e em Honduras os adeptos da bíblia de Harry Kissinger e George W. Bush pregam fervorosamente contra a democracia popular.

Eles não hesitam em desembainhar suas espadas medievais para servir de retaguarda aos tiros disparados pela direita fascista na construção da sua “democracia”.

Essa legião “cristã” e suas cruzadas estão participando ativamente dos acontecimentos em Honduras.

A poderosa Igreja Católica local apoiou o golpe fascista e jogou seu peso na retaguarda ao governo golpista.

O cardeal Oscar Rodrigues Maradiaga, que pode fazer de uma pequena lista de possíveis candidatos a papa, justificou o golpe.

“Ele (o presidente Manuel Zelaya) não tem nenhuma autoridade, moral ou legal”, disse o cardeal ao jornal espanhol El Mundo.

“Ele perdeu a autoridade legal porque violou leis e a autoridade moral ele perdeu com um discurso recheado de mentiras. A coisa mais patriótica que ele poderia fazer seria manter-se afastado. Qualquer outra coisa é simplesmente tentar impor o projeto de Hugo Chávez a qualquer custo”, disse o prelado.

Ninguém de sã moral e equilíbrio mental se regozija com a desgraça alheia, rejubila com o sofrimento ou exulta com a morte.

Só os clérigos direitistas são capazes de dizer, perante o sofrimento e a desolação:

“Fez-se a vontade de Deus.”

Como ouvi certa vez, apontam um dedo para o outro mas, sem o saber, apontam três dedos para si mesmo.

Com agências

 

Sobre Osvaldo Bertolino

Jornalista, natural de Maringá — Noroeste do Paraná.
Esse post foi publicado em América Latina e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Igreja Católica: o despertar da fé no fascismo

  1. Steve disse:

    Nenhuma novidade… a igreja romana sempre flertou com o fascismo pq sua propria estrutura interna é totalitaria,dogmatica, e reacionária…
    Além dos regimes militares da Am.Latina…. a igreja flertou com o nazifascismo europeu….
    Alemanha,Italia,Espanha,Portugal,Croacia(Ustasha),França(Vichy), Eslovaquia (cujo ditador era um padre) etc.
    a igreja flertou com o ditador Ngo Dinh Diem do Vietnam do sul…
    a igreja foi comparsa dos genocidas de Ruanda….

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s