Fiesp “compra briga” por desoneração de alimentos

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) vai “comprar a briga” pela desoneração fiscal da produção de alimentos, disse seu presidente, Paulo Skaf, após sair de reunião com empresários integrantes do Conselho Superior Estratégico da entidade.

Pouco dependente de exportações e de crédito e sustentado pelo mercado interno, o setor é o menos afetado pela crise.

Skaf não quis entrar em detalhes sobre como será essa “briga”, mas revelou que a entidade encomendou um estudo comparando a carga tributária sobre o setor no Brasil e no resto do mundo.

“Vamos apresentar esse estudo, que mostra uma injustiça. Os impostos sobre alimentos aqui são maiores que em outros países”, afirmou, sem revelar, contudo, quando o documento será apresentado.

Skaf reiterou que os incentivos fiscais dados pelo governo até agora foram bem-vindos, embora tenham atingido apenas alguns setores específicos, como automóveis, eletrodomésticos da linha branca e construção civil, e pudessem ser ampliados.

A informação é do Monitor Mercantil

 

Sobre Osvaldo Bertolino

Jornalista, natural de Maringá — Noroeste do Paraná.
Esse post foi publicado em Crise financeira, economia e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s