Cresce apetite do capital estrangeiro

Aproveitando a crise internacional, os investidores estrangeiros aumentaram sua participação nas fusões e aquisições no Brasil, com presença em 81 negócios. Isso corresponde a 32% do total de 252 transações no primeiro semestre deste ano, frente a uma participação de 26% no mesmo período do ano passado.

Os dados foram divulgados pela consultoria internacional PricewaterhouseCoopers.

O economista Alexandre Pierantoni, sócio da Price, disse que o investidor estrangeiro está voltando a patamares anteriores de participação nas fusões e aquisições efetuadas no Brasil.

“Está havendo o retorno do investimento estrangeiro para negócios de médio e longo prazo no Brasil, seja o investidor estratégico, seja o investidor financeiro”, disse ele.

A expectativa para o segundo semestre é de crescimento e retomada dos negócios, afirmou o economista.

“A curva de negócios mês a mês é ascendente até o final do ano. E nós devemos manter o patamar de transações registrada em 2008, que foi de 640 negócios.”

Os setores com maior destaque no volume de transações nos seis primeiros meses deste ano foram tecnologia da informação (26 negócios), bancos e estabelecimentos financeiros (23), alimentos (21), mineração (19) e serviços (18).

A informação é do Monitor Mercantil

 

Sobre Osvaldo Bertolino

Jornalista, natural de Maringá — Noroeste do Paraná.
Esse post foi publicado em Crise financeira, economia e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s