China: reservas internacionais atingem US$ 2,13 trilhões

As reservas internacionais da China atingiram o nível recorde de US$ 2,13 trilhões no final de junho, o que representa uma alta anual de 17,84%.

“No primeiro semestre, as reservas aumentaram em US$ 185,6 bilhões, e em junho, o avanço foi de US$ 42,1 bilhões, US$ 30,2 bilhões a mais que no mesmo período do ano passado”, destacou o Banco Central chinês.

As reservas de divisas chinesas, as maiores do planeta desde 2006, são geradas pelo excedente comercial da China e por investimentos diretos estrangeiros, além dos movimentos especulativos de capitais.

O excedente comercial chinês foi de US$ 96,4 bilhões no primeiro semestre, com queda anual de 1,3%.

Os investimentos diretos externos para os cinco primeiros meses do ano somaram US$ 34,050 bilhões, em queda de 20,4% sobre o mesmo período de 2008.

A progressão das reservas chinesas havia caído, pela primeira vez em dez anos, em 2008, quando avançaram 27,3%, contra 43,3% em 2007, segundo o Banco Central.

No início de 2009, a China sofreu, inclusive, uma redução de suas reservas, que caíram a US$ 1,91 trilhão no final de fevereiro, antes de voltar a subir em março.

Com agências

 

Anúncios

Sobre Osvaldo Bertolino

Jornalista, natural de Maringá — Noroeste do Paraná.
Esse post foi publicado em China e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s