Retratos da desigualdade no país

Cerca 55% das crianças brasileiras com até 6 anos de idade estão abaixo da linha da pobreza. Entre crianças e adolescentes de 7 a 14 anos, o percentual de pobres é de 50% e entre os jovens com idade de 15 a 17 anos, de 40%.

Os percentuais de crianças e adolescentes pobres estão acima do que se verifica entre os adultos: 25% desses estão abaixo da linha de pobreza (meio salário mínimo per capita de renda familiar).

É o que afirma Enide Rocha, pesquisadora do Ipea, especializada na área dos direitos da infância e da adolescência.

Outro estudo, este do Grupo de Estudos do Setor Elétrico da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Gesel-UFRJ), mostra que o problema da desigualdade é mais grave nas tarifas que são cobradas das famílias de nível de renda mais baixa, a chamada tarifa social.

A informação é do Monitor Mercantil

 

Anúncios

Sobre Osvaldo Bertolino

Jornalista, natural de Maringá — Noroeste do Paraná.
Esse post foi publicado em economia e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s