Presidente da Bolívia diz ter informação sobre papel dos EUA no golpe em Honduras

O presidente da Bolívia, Evo Morales, reiterou denúncias contra os Estados Unidos pelo golpe de Estado em Honduras, e disse ter informação sobre a participação da potência mundial na derrubada do presidente Manuel Zelaya.

Morales, que visitou por algumas horas o Uruguai, havia comentado dias atrás que também havia traficantes de drogas ligados à manobra.

“Tenho informação de que o império, mediante o Comando Sul dos Estados Unidos, realizou o golpe de Estado em Honduras”, disse Morales.

Após uma reunião, o dirigente boliviano e o presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez, emitiram um documento conjunto em que apoiaram Zelaya e dizem não reconhecer nenhuma outra autoridade em Honduras.

Zelaya foi sequestrado e expulso do país no final de junho, em um golpe de Estado encabeçado por militares.

“É uma agressão, uma provocação do império. Com Tabaré Vázquez expressamos nossa solidariedade e apoio ao presidente Zelaya. os dois países não vão reconhecer nenhum outro presidente”, comentou Morales.

Com agências

 

Anúncios

Sobre Osvaldo Bertolino

Jornalista, natural de Maringá — Noroeste do Paraná.
Esse post foi publicado em América Latina, Bolívia e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s