Petroleiros debatem banimento do amianto

Do blog da FNP*, no Viomundo

O amianto mata, por isso, a campanha pelo seu banimento é internacional. Na Europa seu uso é proibido desde 1999. No Brasil, somente os Estados de São Paulo, Pernambuco, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro proibiram o seu uso. O amianto é o nome comercial adotado para um conjunto de minerais fibrosos constituídos de magnésio, que é utilizado em, aproximadamente, três mil produtos industriais. No Brasil, 95% do seu uso estão concentrados na produção de telhas e materiais de construção.

O Sindipetro – AL/SE vem travando uma forte batalha contra a Braskem, uma das importantes empresas químicas do país que utiliza o amianto. O Sindicato elaborou um cronograma de atividades que serão desenvolvidas no próximo período para ganhar os trabalhadores da Braskem e a sociedade alagoana para a luta pelo banimento do amianto. A empresa já vem fazendo o jogo sujo de ameaças aos trabalhadores, dizendo que o Sindicato quer fechar a fábrica, que se o amianto for banido a fábrica vai demitir os trabalhadores e etc.

A atividade realizada durante o Congresso Nacional da FNP contou com a participação da Auditora Fiscal do Trabalho/SP, Fernanda Giannasi, que tem dedicado toda sua atuação militante para esta luta. Entre as atividades a serem realizadas pelo Sindipetro – AL/SE e ILAESE será um seminário no mês de agosto que contará com a sua participação.

O Sindipetro AL/SE iniciará a distribuição de uma cartilha explicativa sobre o amianto a cada trabalhador e a toda comunidade que reside próximo a Braskem. Está sendo confeccionado um DVD e, junto com outras entidades dos movimentos sociais e parlamentares, está sendo organizada uma Frente de Luta pelo Banimento do Amianto no Estado de Alagoas.

Fique por dentro do Amianto

– Onde encontramos o amianto?

Entre os mais conhecidos usos do amianto estão os da construção civil tais como as telhas, caixas d´água, tubulações, divisórias, painéis acústicos e resistentes ao fogo, pisos e forros.

– Onde seu uso já é proibido?

Atualmente, 48 países proíbem o uso do amianto. Entre eles França, Alemanha, Itália, Japão, Austrália, Argentina, Uruguai e Chile.

– Quais são os materiais alternativos ao amianto?

O amianto pode ser substituído por fibra de vidro, PVA, polipropileno, polietileno, cerâmicos, entre outros.

– Quais são as doenças provocadas pelo amianto?

Malignas: o câncer de pulmão, de laringe, do aparelho digestivo, mesotelioma de pleura e de peritônio (tumor muito agressivo e letal, que acomete os tecidos que revestem o tórax e o abdômen, respectivamente).

Não malignas: a asbestose que é uma fibrose ou endurecimento do pulmão (pulmão de pedra), as doenças pleurais, derrames e espessamentos pleurais e de diafragma.

* A Frente Nacional dos Petroleiros (FNP) congrega seis sincatos petroleiros — São José dos Campos, Litoral Paulista, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Alagoas/Sergipe e Pará/Amazonas/Maranhão/Amapá — além das oposições de Caxias, Norte Fluminense, Minas Gerais, Bahia, Rio Grande do Norte e Unificado de São Paulo.

Anúncios

Sobre Osvaldo Bertolino

Jornalista, natural de Maringá — Noroeste do Paraná.
Esse post foi publicado em sindicalismo, trabalhadores e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s