EUA estudam taxar ricos para pagar por saúde

aaaaaaaeua

O governo Obama está aberto à ideia de aumentar os impostos sobre os americanos mais ricos para poder pagar pela reforma do sistema de saúde, disse a secretária de Saúde dos EUA, Kathleen Sebelius.

Ela deu sinais de que a Câmara pode estar se preparando para incorporar esse plano na legislação de reforma do sistema, que ainda precisa ser votada.

O Congresso quer colocar a reforma da saúde na pauta antes de entrar em recesso, em agosto, mas o tempo vem sendo consumido em discussões sobre como a mudança do sistema será financiada e como incluir a opção de os americanos usarem um sistema de seguro público.

Os democratas devem apresentar um projeto amanhã na Câmara dos Deputados propondo 1% adicional sobre os impostos pagos por casais com renda de mais de US$ 350 mil anuais, aumentando para até 3% para aqueles com renda maior do que US$ 1 milhão.

Eles estimam que isso aumentaria a arrecadação em cerca de US$ 550 bilhões nos próximos dez anos — cerca de metade do custo previsto para a reforma do sistema.

O resto seria coberto por cortes no Medicare, o programa de assistência aos idosos, e em outras diminuições de gastos.

O plano vem sendo bombardeado pelos republicanos e os democratas no Senado provavelmente proporão outras soluções. Mas Sebelius disse à rede de TV CNN:

“Eu acho que tudo está sobre a mesa e as discussões estão acontecendo”. “Eu acho que o principal é: temos de pagar pela reforma”, disse ela.

O objetivo do presidente Barack Obama é montar um sistema que expanda a cobertura de saúde para os cerca de 50 milhões de americanos que não têm um plano privado.

Charles Rangel, presidente da comissão de financiamento da Câmara, disse que o imposto sobre os mais ricos é a solução mais simples para o problema. Mas Kent Conrad, presidente da comissão de finanças do Senado, discorda:

“Eu não acho que a proposta da Câmara, assim como eu ouvi que será apresentada, fará parte do pacote final”.

A informação é do Financial Times, citada pelo Valor Econômico

 

Anúncios

Sobre Osvaldo Bertolino

Jornalista, natural de Maringá — Noroeste do Paraná.
Esse post foi publicado em Crise financeira, Estados Unidos e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s