Evo Morales diz que golpe em Honduras é ameaça dos EUA contra Alba

O presidente da Bolívia, Evo Morales, afirmou hoje que o golpe militar em Honduras é “uma advertência do imperialismo americano”, para frear o crescimento da Aliança Bolivariana para as Américas (Alba).

Em um ato realizado no departamento andino de Potosí, no sudoeste do país, Morales lembrou que os governos de Cuba, Venezuela e Bolívia criaram a Alba “para questionar os modelos econômicos saqueadores”.

“Agora somos nove presidentes no ‘eixo do mal’ (chamado assim pelo ex-presidente George W. Bush). Como estamos crescendo, o imperialismo americano decide parar o crescimento que é parte da rebelião dos povos contra o imperialismo, como uma advertência, como uma ameaça”, afirmou Morales.

Acrescentou que “essa advertência” não o assusta e que defenderá “as transformações na Bolívia e na América Latina” junto aos movimentos sociais.

A Alba é formada pela Venezuela, Cuba, Bolívia, Nicarágua, Honduras, Dominica, São Vicente e Granadinas, Antígua e Barbuda e Equador e foi fundada em dezembro de 2004, em oposição à Área de Livre-Comércio das Américas (Alca), promovida pelos EUA.

Com agências

 

Sobre Osvaldo Bertolino

Jornalista, natural de Maringá — Noroeste do Paraná.
Esse post foi publicado em América Latina, Bolívia e marcado , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Evo Morales diz que golpe em Honduras é ameaça dos EUA contra Alba

  1. Pingback: Honduras » M@RCONECTADO

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s