Ministro brasileiro visita Cuba; em agosto, missão vai a Venezuela, Panamá e Peru

O Brasil está explorando o terreno para aumentar seu comércio e investimentos em Cuba durante visita que o ministro da Indústria e do Comércio, Miguel Jorge, iniciou nesta terça-feira à ilha. 

“O interesse principal da visita é manter contatos com autoridades cubanas e explorar as possibilidades de comércio e de investimento em todas as esferas possíveis”, afirmou à

um porta-voz da embaixada brasileira, destacando que Miguel Jorge chegou a Havana acompanhado de missão empresarial.

O Brasil é o segundo sócio comercial da ilha na região depois da Venezuela, com um intercâmbio bilateral de US$ 642 milhões em 2008, segundo dados cubanos. 

Dados brasileiros assinalam que o comércio bilateral alcançou US$ 131 milhões no primeiro semestre do ano, 47% a menos que no mesmo período de 2008, com um saldo favorável ao Brasil de US$ 97,8 milhões.

Os investimentos mais importantes do Brasil em Cuba são a fábrica de cigarros BrasCuba e a prospecção petroleira realizada em águas profundas do Golfo do México.

Segundo o programa oficial da visita, que se estenderá até esta quinta (9), Miguel Jorge já se reuniu com o vice-presidente Ricardo Cabrisas e o ministro do Comércio Exterior e Investimento Estrangeiro, Rodrigo Malmierca, depois de manter um encontro com diretores de empresas brasileiras com negócios no país.

Sua agenda também prevê  para esta data reuniões com os titulares cubanos da Indústria Básica, Yadira García, e da Indústria Siderurgico-mecânica, Salvador Pardo, e os presidentes do Banco Central de Cuba, Ernesto Medina, e do Banco Nacional de Cuba, Irma Martínez.

Na quinta, o ministro brasileiro percorrerá a Zona de Desenvolvimento Industrial de Mariel, 45 km a oeste de Havana, dará uma entrevista coletiva e dialogará  com os ministros de Informática e Comunicações, Ramiro Valdés, e da Indústria Alimentícia, María del Carmen Concepción. Também conversará com o titular da Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente, José Millar Barruecos, no Centro de Engenharia Genética e Biotecnologia de Havana.

A missão empresarial brasileira liderada pelo ministro também visitará Venezuela, Panamá e Peru em agosto para promover o comércio e os investimentos com esses países.

O ministro e os empresários visitarão os três países entre 16 e 20 de agosto, afirmou o Ministério, em comunicado.

Em cada um dos países que serão visitados, haverá seminários empresariais, rodadas de negócios e reuniões com autoridades, acrescentou o texto.

“O objetivo é promover o aumento do comércio e dos investimentos bilaterais, e explorar possibilidades de cooperação entre os setores produtivos brasileiros e esses três países latino-americanos”, segundo o comunicado.

Segundo o governo, as principais oportunidades de negócios para os empresários brasileiros na Venezuela, Panamá e Peru estão nos setores de máquinas e equipamentos, materiais elétricos e eletrônicos, alimentos e bebidas, construção, energia, defesa e infraestrutura.

Esta será a terceira missão empresarial que Jorge liderará este ano fora do Brasil, pois, em janeiro, liderou uma aos países do Magrebe e, em junho, outra a quatro países da África Subsaaariana.

Com agências

Anúncios

Sobre Osvaldo Bertolino

Jornalista, natural de Maringá — Noroeste do Paraná.
Esse post foi publicado em América Latina, Cuba, economia e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s