Especulação traz US$ 1 bi para o Brasil

O movimento de entrada de dólares na economia brasileira continuou em junho, pelo terceiro mês consecutivo.

Dados divulgados pelo Banco Central mostram que US$ 1,07 bilhão entrou na economia no mês passado, movimento liderado pelo segmento financeiro, onde são contabilizados os investimentos externos e aplicações de investidores estrangeiros no mercado financeiro.  

O ingresso se acelerou nos últimos dias do mês, período que coincidiu com o lançamento das ações da Visanet.

Apesar do saldo positivo, o ritmo de entrada de recursos diminuiu 65,7% na comparação com maio.

A queda, segundo analistas, é explicada pelo comércio exterior: com o dólar baixo, cresceram as importações e parte das empresas antecipou pagamentos internacionais, o que aumentou as transferências para o exterior.

Com o resultado do mês passado, o primeiro semestre registrou entrada líquida de US$ 2,66 bilhões, longe de recuperar a perda do segundo semestre de 2008, quando US$ 15,9 bilhões deixaram o país.

Os ingressos em 2009 foram 82,2% menores que os dos seis primeiros meses do ano passado.

Em junho, pela primeira vez no ano, a conta financeira foi responsável por todos os dólares que ingressaram no Brasil. Nessa conta, são contabilizadas as transferências realizadas para os investimentos produtivos, aplicações financeiras, pagamentos de dívidas e remessas de lucros.

Em junho, exportações e importações foram responsáveis pela saída de US$ 148 milhões do Brasil.

“Quando o câmbio passou a operar abaixo de R$ 2, muitos importadores se apressaram para quitar dívidas no exterior e, assim, as transferências se avolumaram”, diz o diretor de câmbio da Pioneer Corretora, João Medeiros.

A antecipação fez com que o total de transferências ao exterior para o pagamento de importações atingisse US$ 12,1 bilhões no mês passado.

O valor é 11,8% superior ao observado em maio e 36,4% maior que o de abril.

A informação é do Monitor Mercantil

Sobre Osvaldo Bertolino

Jornalista, natural de Maringá — Noroeste do Paraná.
Esse post foi publicado em economia e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s