Zelaya encontra presidentes progressistas em El Salvador

Após uma tentativa fracassada de voltar a Honduras no domingo (5), o presidente Manuel Zelaya reuniu-se em El Salvador com presidentes progressistas sul-americanos.

Os presidentes de El Salvador, Mauricio Funes, do Paraguai, Fernando Lugo, do Equador, Rafael Correa, e da Argentina, Cristina Kirchner, reiteraram apoio a Zelaya e condenaram o governo interino.

O secretário geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), José Miguel Insulza, também participou do encontro.

“Hoje o povo vê a grande diferença entre um democrata eleito e estes senhores que, abusando das armas, reprimem toda a nação”, disse Zelaya no encontro em San Salvador.

“Não apontem fuzis, não matem seus irmãos. Eu ordeno, em nome de Deus, que cesse a repressão contra o povo hondurenho”, afirmou Zelaya.

Ao menos duas pessoas morreram e outras duas ficaram feridas no conflito entre militares e apoiadores de Zelaya, que tentavam recebê-lo no aeroporto.

Com a pista tomada por militares, o presidente eleito foi impedido de pousar.

No fim da noite de sábado, a Organização dos Estados Americanos (OEA) decidiu suspender a participação do país

Sobre Osvaldo Bertolino

Jornalista, natural de Maringá — Noroeste do Paraná.
Esse post foi publicado em América Latina e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s