Resistência afegã anuncia ofensiva contra agressores

A resistência do Afeganistão anunciou nesta segunda-feira o início de uma operação de guerrilha para rebater a ofensiva militar dos Estados Unidos.

A operação “Foladi Khal”, ou “rede de metal” em pashtun, “dará uma lição” aos marines, afirmou um porta-voz talibã, Yusuf Ahmadi.

Quase 4.000 militares norte-americanos desembarcaram semana passada na província do sul do país, que faz fronteira com o Paquistão, como parte da operação “Janjar”, que em dari e pashtun significa “punhalada” mas que os marines traduziram como “Strike of the Sword” (golpe de espada).

No total, 600 policiais e soldados afegãos também integram a operação.

“Em resposta à operação Janjar pelas tropas invasoras, lançamos a operação Foladi Khal”, disse Ahmadi.

“Na operação daremos uma lição a eles, que não se atreverão a voltar outra vez a nossas áreas”, completou.

A operação incluirá explosões improvisadas e ataques com táticas de guerrilha.

As tropas agressoras conseguiram entrar em vários povoados chave da região.

A ofensiva é parte do novo plano do presidente americano Barack Obama de lutar contra a resistência afegã para garantir as “eleições” presidenciais de 20 de agosto.

Com agências

 

Sobre Osvaldo Bertolino

Jornalista, natural de Maringá — Noroeste do Paraná.
Esse post foi publicado em Estados Unidos e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s