PIG: Miriam Leitão adere ao golpe em Honduras

Veja sua coluna no jornal Globo

O que fica desse estranho domingo hondurenho

O presidente Manuel Zelaya foi para Nicarágua depois de não ter conseguido pousar em Tegucigalpa em duas tentativas. O que ficou de todo esse episódio é melancólico. 

Primeiro, o governo hondurenho se isola e não aceita todas as tentativas de diálogo e pressões da ONU, OEA, países vizinhos. Se tinha algum resquício de razão no início – afinal Zelaya tentou desrespeitar uma ordem da Suprema Corte – perdeu completamente a razão neste confuso domingo, até porque o Exército atirou nos manifestantes provocando feridos e mortes.

Segundo, a Telesur, TV de Hugo Chavez, foi a rainha da noite, porque foi ela que informou primeiro o que se passava, e conseguiu falar ao mesmo tempo com o presidente Zelaya no ar, e com a reporter no aeroporto.

Por fim, a nota engraçada da noite foi a longa falação do presidente Hugo Chavez depois que ficou claro que Zelaya nao pousaria. Ele disse o seguinte:

-Certamente é o império americano que está por trás do governo golpista, senão eles não se atreveriam a desrespeitar as ordens internacionais. Não digo o presidente Obama, mas o império americano. É que se agudizam as contradições no império.

Bom, o que está cada vez mais aguda é a contradição de Chavez, que não tem mais um inimigo fácil para culpar por tudo.

Sobre Osvaldo Bertolino

Jornalista, natural de Maringá — Noroeste do Paraná.
Esse post foi publicado em América Latina, mídia e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s