Ministra da Fazenda de Honduras desmente fascistas sobre acordo com a Venezuela

A ministra da Fazenda de Honduras, Rebeca Santos, rebateu as acusações dos fascistas que assaltaram o poder em seu país segundo as quais haveria um “compromisso político” do país com a Venezuela.

“Essa afirmação é inexata. Não existe nenhum compromisso de tipo político no âmbito dos acordos firmados entre Honduras e Venezuela”, afirmou ela no Chile, onde participa de um encontro de ministros da Fazenda da América Latina e Caribe.

Esta é uma das principais armas dos fascistas para defender o sequestro de Zelaya.

A versão conta com o respaldo da mídia local e de setores conservadores de outros países, inclusive da Venezuela e Estados Unidos.

Rebeca Santos disse que Honduras recebeu financiamento da Venezuela no valor de US$ 130 milhões, mas “em um momento de escassez dos nossos fluxos de recursos nas instituições multilaterais”.

“Logicamente, esta foi uma ajuda fundamental para podermos financiar nosso orçamento e nossos programas de investimento público”, assegurou.

A ministra ainda advertiu que, se o governo de fato se manter no poder, Honduras perderá entre US$ 300 milhões e US$ 450 milhões previstos no financiamento para 2009 outorgados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e pelo Banco Mundial.

Com agências

 

Anúncios

Sobre Osvaldo Bertolino

Jornalista, natural de Maringá — Noroeste do Paraná.
Esse post foi publicado em América Latina e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s