Finep muda edital após decisão do STF sobre diploma de jornalista e reabre inscrição de concurso

A Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), ligada ao Ministério da Ciência e Tecnologia, reabriu o prazo de inscrição do concurso público para formação de cadastro de reserva em cargos de nível médio e superior nas cidades do Rio de Janeiro e São Paulo.

Com isso, os interessados em concorrer aos cargos de Analista (nível superior) e de Técnico (nível médio) terão do dia 5 a 14 de julho para garantir a participação, através do site do Cespe/UnB , e do pagamento da taxa de R$ 50 para nível médio e de R$ 70 para superior.

A reabertura do concurso ocorreu após o Supremo Tribunal Federal (STF) decidir que não será mais necessário diploma para o exercício da profissão de jornalista, o que fez com que a Finep retificasse o edital do concurso em andamento para permitir que graduados em qualquer área de formação concorressem ao cargo de analista de Comunicação Social (assessoria de imprensa) – clique e veja a retificação do edital .

Anteriormente, a seleção pública, cujas inscrições haviam sido encerradas no dia 29 de junho, exigia graduação em jornalismo para o cargo.

A Finep foi o primeiro órgão federal a alterar o edital após a decisão do Supremo.

Por conta da mudança no edital, as inscrições foram reabertas para todos os cargos, não apenas para Comunicação Social.

Mudaram também as datas de aplicação das provas objetivas e discursivas, anteriormente previstas para 26 de junho.

Agora, as provas foram transferidas para o dia 9 de agosto, nos turnos da manhã e da tarde.

A seleção será realizada nas cidades do Rio de Janeiro e de São Paulo, as mesmas onde os candidatos aprovados poderão trabalhar caso surjam vagas durante a validade do concurso, que é de nove meses após a homologação dos resultados, conforme o edital. A validade pode ser prorrogada uma única vez pelo mesmo período.

As remunerações oferecidas pela Finep continuam as mesmas: R$ 1.325,93, acrescido de Gratificação Extraordinária e Temporária de R$ 106,07, para as áreas/subáreas do cargo de Técnico, e de R$ 5.524,66 para as áreas/subáreas do cargo Analista, exceto para Analista – área: Informação e Informática – subárea: Comunicação Social, que será de R$ 4.834,08.

Os aprovados terão direito a quinquênio (bônus), auxílio-alimentação, auxílio-refeição, auxílio-transporte, auxílio-creche, auxílio pré-escolar, assistência médica, hospitalar e odontológica, plano de previdência privada (opcional), Programa de Incentivo à Pós-Graduação e Programa de Capacitação em Língua Estrangeira.

Foi reaberto também período para solicitação de isenção de inscrição entre 6 e 7 de julho conforme critérios do edital original.

Os candidatos inscritos que decidirem não participar da seleção poderão solicitar a devolução do valor da taxa.

Para isso, basta entrar, entre os dias 5 e 14 de julho no site do concurso e clicar no link específico da página. É necessário informar o número de inscrição, a senha de acesso, o número do CPF e os dados bancários para o reembolso.

Sobre Osvaldo Bertolino

Jornalista, natural de Maringá — Noroeste do Paraná.
Esse post foi publicado em economia, sindicalismo, trabalhadores e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s