Justiça condena Pernambucanas a indenizar funcionário gay por assédio moral

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 2ª Região de São Paulo condenou as lojas Pernambucanas de São Paulo a indenizar um ex-funcionário homossexual por assédio moral.

Em decisão publicada no último dia 10, o TRT define que a empresa deve indenizar João Vitor Vasconcelos de Aguiar (foto) em R$ 23.500.

A Pernambucanas recorreu da decisão no último dia do prazo legal para isso, dia 19, e o processo ainda terá mais fases até ser concluído e a indenização realmente paga.

João Vitor contou que trabalhou durante seis anos na rede de lojas em São Paulo, sempre sendo vítima de piadinhas e insinuações sobre sua sexualidade.

Ele diz ainda que seus superiores chegavam até a dizer que ele deveria se comportar de maneira diferente.

“Era chamado por várias vezes na gerência e o meu gestor falava ‘você precisa mudar esse seu jeito, eu vou lhe demitir’”, lembra o ex-coordenador de produtos financeiros.

João argumenta que chegou a levar a situação para a diretoria da empresa, mas não obteve resposta. Em outro exemplo de situação nada legal, ele conta que “meus superiores faziam chacota em reuniões nas quais eu participava como, por exemplo, diziam: ‘

Agora vai falar o João Vitor, o mais macho da regional, o que aguenta tudo por trás’”.

Ainda segundo ele, em uma entrevista para promoção de emprego ele não conseguiu um cargo melhor porque “o diretor não admitia gays no departamento”.

“Não quero que outras pessoas passem pelo que eu passei. Gostaria de que as pessoas soubessem que existe muito preconceito por parte das empresas e que, assim como eu, outras pessoas também poder fazer isso. Danos morais é crime, esse tipo de assédio não pode ficar impune.”

A informação é d Portal Mix Brasil

 

Anúncios

Sobre Osvaldo Bertolino

Jornalista, natural de Maringá — Noroeste do Paraná.
Esse post foi publicado em Assédio Moral e marcado , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Justiça condena Pernambucanas a indenizar funcionário gay por assédio moral

  1. Renato Lima disse:

    Já passou da hora do Brasil aprovar o Casamento Gay, a criminalização da homofobia e todos os outros direitos concedidos aos héteros, mas negados aos Gays. A sociedade e as pessoas de bem não toleram mais qualquer discriminação contra Homossexuais. Igualdade de direitos para todos. Beijo no coração.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s