Lula arbitra disputa entre Vannuchi e Jobim

Durante uma tensa reunião, segunda-feira passada, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva avalizou o cronograma de trabalho da Comissão do Ministério da Defesa para procurar ossadas da Guerrilha do Araguaia.

A rigor, a reunião foi convocada para por um fim à tentativa da Secretaria de Direitos Humanos, do ministro Paulo Vannuchi, de barrar os trabalhos da comissão criada no Ministério da Defesa.

Vannuchi argumentou ao presidente Lula que já existe a comissão dos desaparecidos criada por lei e funcionando no Ministério da Justiça.

Disse ainda que um dos objetivos era, exatamente, buscar os restos mortais dos desaparecidos durante o regime militar (1964-1985).

Na avaliação de Vannuchi seria uma desnecessidade o ministro Nélson Jobim (Defesa) criar outro grupo para o mesmo fim.

Ele disse ainda que essa nova comissão, se mantida, deveria ter formação “mais plural”, com representantes do Ministério Público, Ordem dos Advogados do Brasil e representantes dos familiares, entre outros.

Jobim acabou ganhando a queda de braço, manteve a comissão e ganhou a ordem para dar a partida no trabalho, ao explicar que a comissão do Ministério da Justiça já esteve pelo menos uma dúzia de vezes no Araguaia à procura de corpos e nunca conseguiu dar uma resposta cabal sobre a existência ou não das ossadas na região da Guerrilha.

A informação é do jornal O Estado de S. Paulo

 

Anúncios

Sobre Osvaldo Bertolino

Jornalista, natural de Maringá — Noroeste do Paraná.
Esse post foi publicado em história, Política e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s