Vai começar a maior festa literária do Acre

aaaaaacare

Durante dez dias, a cidade de Porto Velho será tomada pelo maior evento literário já realizado no Acre.

Trata-se da Bienal da Floresta do Livro e da Leitura.

A Praça da Revolução, com cerca de 40 estandes instalados em seu espaço, e a Praça da Biblioteca Pública, com a gigante Tenda Bolha, serão os palcos do evento, que ficará aberto de 30 de maio a 7 de junho, das 9 às 11h30 e das 16 às 22 horas.

As expectativas são enormes.

A Bienal pretende reunir um público de 45 mil pessoas, cerca de cinco mil visitantes por dia, além de vender mais de 5 mil livros, que estarão com preços 10% a 20% abaixo do valor de capa.

Nos estandes da Praça da Revolução estão concentrados os livreiros locais, grandes editoras nacionais, autores que revezarão as sessões de autógrafos e as instituições que trabalham com educação e formação cultural no Estado.

Para abrilhantar ainda mais a festa, foram convidados escritores, autores e jornalistas de todo o Brasil.

Entre eles Fernando Monteiro, Alexei Bueno, Gilberto Mendonça Telles, Márcio Souza, João de Jesus, Jorge Tuffic, José Ignácio de Loyolla, Luiz Galdino, Cláudio Oliveira, Cláudio Aguiar, Celso Sisto, Hidelberto Barbosa, Francisco Dantas, Maria Lúcia dal Farra, Homero Fonseca, Raimundo Carrero, Marcos Accioly, Nelson Patriota, José Castilho Marques Neto, Antonio Roberto Bertelli, Fábio Lucas, Luis Ruffato e Francisco Gregóriom.

Autores acreanos e regionais também estarão na Bienal.

Nem só de livros e estandes viverá a Bienal da Floresta.

Uma ampla programação vai muito além da literatura, envolvendo diversas artes.

Estão programadas oficinas, palestras, mesas-redondas, encontros com os autores, sessões de autógrafos, cinema, apresentações artísticas, exposição de artes plásticas e recital de poesia.

Nas palestras serão abordados temas de relevante importância literária, como jornalismo cultural, literatura nordestina, a mulher na literatura brasileira, a literatura de cordel, literatura infantil e a moderna poesia brasileira. Já as oficinas oferecidas estão voltadas para Editoração de Livros, Contadores de Histórias, Produção e Difusão da Cultura, Literatura e Cinema, Literatura Infanto-Juvenil, História em Quadrinhos e Criação Literária.

Durante toda a Bienal, apresentações musicais acontecerão no anfiteatro da Praça da Revolução sempre às 19 horas.

Serão grupos de quintetos de cordas e metais, musica instrumental, quinteto de saxofones, concertos Ensemble Subtilior e um solo de piano que trará apenas composições brasileiras.

Já no último dia, 7 de junho, para o encerramento, acontecerá uma apresentação da Orquestra Sinfônica do Acre, às 19 horas, na Praça da Biblioteca Pública.

A Filmoteca da Biblioteca Pública Estadual traz uma programação especial com a Mostra de Filmes Nacionais, durante todos os dias da Bienal, às 19 horas.

Entre a lista dos filmes que serão exibidos estão, O Homem que Desafiou o Diabo, Vidas Secas, Menino de Engenho, Macunaíma, O Pagador de Promessas, Dona Flor e Seus Dois Maridos, entre outros.

A informação é da Agência de Notícias do Acre

 

Sobre Osvaldo Bertolino

Jornalista, natural de Maringá — Noroeste do Paraná.
Esse post foi publicado em Cultura e marcado , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Vai começar a maior festa literária do Acre

  1. Ricardo Cunha disse:

    Meu caro. Boa vista é capital de Roraima. A capital do Acre é Rio Branco.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s