Presidente da Assembléia Nacional de Angola considera “impagável” dívida com Cuba

aaaangolaparlamento

 

O presidente do parlamento angolano, Fernando da Piedade Dias dos Santos, considerou que a dívida de Angola com Cuba não tem preço, devido a ajuda prestada pela ilha revolucionária ao povo angolano desde os primórdios da luta de libertação e que nos levaram à independência nacional.

 

Fernando Dias dos Santos disse que, durante cerca de 30 minutos, reviveu com Raul Castro momentos históricos da luta de resistência.

 

“Foi um encontro bastante produtivo e nós sentimo-nos honrados por falar com o comandante Raul Castro que foi um dos heróis da Sierra Maestra. Ele esteve sempre ao lado de seu irmão, Fidel Castro, e a revolução cubana foi para nós um ponto de referência, um exemplo e revivemos tudo isto”, disse o líder parlamentar.

 

Questionado sobre a forma emocionante com que recebeu, na Assembleia Nacional, o presidente cubano, Fernando da Piedade salientou que a luta comum durou muitos anos e que a cooperação foi bastante estreita, pelo que não havia maneira diferente de expressar o seu agradecimento a Cuba.

 

“Fui durante muito tempo comandante geral da polícia, durante algum tempo vice ministro e ministro do Interior, e chefiei também os serviços de informações e neste particular tínhamos uma cooperação estreita com Cuba e o presidente Raul foi também ministro da Defesa e ele recordou-se daquela fase e sinto-me honrado por isso”, acrescentou.

 

O presidente da Assembléia Nacional revelou que espera receber em breve um convite do parlamento cubano para visitar Cuba, adiantando que só então serão identificadas as novas áreas para possível cooperação.

 

No que concerne à cooperação entre os dois Estados, Fernando da Piedade disse que os dois países privilegiam as relações Estado- Estado, e que neste tipo de relações existem parcerias que identificam projetos onde existam vantagens recíprocas.

 

“Naturalmente os órgãos do governo tratarão de identificar estes espaços onde os dois Estados acham importante dar passos concretos com resultados satisfatórios”, concluiu.

 

O presidente cubano também foi recebido pelo primeiro-ministro angolano, Paulo Kassoma, e a uma delegação do MPLA.

 

A informação é da Agência Angola Press

About these ads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s